Sofisticação, prestação de serviço e qualidade, sinônimos de Copa Star

No Brasil a maioria dos hospitais são sinônimos de abandono, maus tratos e falta de investimentos. É uma imagem que perdura por muito tempo em todo o país devido em grande parte às administrações públicas e à população omissa.

Porém, existe algumas grandes instituições hospitalares no Brasil que estão na contramão dos dados negativos referentes a saúde pública e privada, e que são grandes referências em termos de atendimento e prestação de serviços.

Neste contexto o Copa Star se destaca muito perante a outas grandes instituições hospitalares por ser um dos mais bem amparados hospitais no mundo, fazendo parte da Rede D’Or São Luiz. O Copa Star, localizado no Rio de Janeiro em Copacabana, é o primeiro em seu segmento sendo ele todo muito luxuoso nos mínimos detalhes, desde a recepção bem requintada e acolhedora até os quartos que dispõe de Ipads. O hospital possui um grau muito elevado em designer tendo grandes obras de artes por todas as partes.

Em relação a inovação, o Copa Star possui salas híbridas, são ambientes que possuem tecnologia para a realização de exames enquanto ocorre uma cirurgia. Se o paciente estiver internado, ele poderá controlar tudo a seu gosto, iluminação, cortina, climatização e o próprio leito em que se encontra, tudo através de um Ipad.

A tecnologia utilizada no centro de terapia intensiva faz com que o paciente esteja em harmonia com o mundo mesmo estando isolado, o Copa Star permite que ele se sinta incluído o tempo todo com o que se passa fora do isolamento, sendo que isso, estimula o processo de recuperação da pessoa isolada devido ao fator psicológico.

O fluxo de prestadores de serviços como, médicos, enfermeiras, e todos os outros funcionários, se faz por áreas restritas de circulação dentro do hospital, permitindo que os pacientes tenham os corredores livres para receberem os familiares e amigos.

O carro chefe desse hospital além do conforto, é sem dúvidas a funcionalidade de que dispõe em seu atendimento cirúrgico voltado para cardiologia e neurologia. Foram investidos mais de 1 milhão de dólares só em equipamentos utilizados por cirurgias neurológicas. Ao todo, foram investidos mais de 500 milhões de reais.

 

O médico cardiologista e presidente do conselho da Rede D’Or São Luiz, Jorge Moll, explica que o Copa Star veio para atender pacientes que eram habituados a fazer ponte aérea Rio/São Paulo buscando os hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein. “Não existia nenhum hospital que pudesse ser comparado ao Sírio e ao Einstein aqui no Rio de Janeiro, assim pacientes de alta complexidade podem ser atendidos sem precisarem fazer ponte aérea”

Atualmente, são mais de 500 colaboradores compondo um quadro de funcionários bem preparados e especializados, sendo que entre eles existem mais de 100 médicos especialistas. Toda essa equipe foi submetida a um treinamento de dois meses em situações simuladas para chegar a um atendimento mais humano e acolhedor.

O hospital foi projetado no conceito de humanização voltado para a satisfação total do paciente e dos familiares, sempre visando o que de melhor existe em termos de tecnologia de ponta, mão de obra especializada e um atendimento digno de primeiro mundo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *