Unesco alerta para a extinção de diversos idiomas

Justo no dia em que foi celebrado o Dia Internacional da Língua Materna (dia 21 de fevereiro), determinado pela Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, a própria entidade fez um alerta surpreendente sobre o perigo de extinção de alguns idiomas. A última estimativa feita pela organização, é de que das 6.000 línguas catalogadas, 43% delas estão ameaçadas de desaparecer completamente. O relatório ainda apontou que no Brasil existem 190 línguas que podem deixar de existir.

A última estatística feita pela organização foi atualizada no mês de fevereiro desse ano, onde foi listada 2.465 línguas em estado de perigo. Desde o ano de 1950, a Unesco acredita que cerca de 229 idiomas já foram extintos no mundo todo. Dentre os países com as línguas nativas ameaçadas aparece o Brasil, os Estados Unidos (191), e a Índia (197). A organização ainda alerta para a possibilidade desse número ser maior, em vista de que muitas línguas não tiveram os dados coletados suficientes.

A Unesco acredita que a internet pode ser uma grande aliada em manter essas línguas vivas por meio de registros e dicionários. No entanto, mais importante ainda, enfatiza a entidade, é que as pessoas sejam multilíngue. Os dados são de que 40% da população mundial ainda não tem acesso à educação na própria língua materna, imagina em outra língua. Esse fato contribui para o desaparecimento desses idiomas, além do fato de haver idiomas considerados dominantes fazendo com que esses outros desapareçam por completo.

A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, incentivou que a língua materna de cada criança seja incluída na grade escolar como um ensino básico para qualquer pessoa. Ela disse: “Faço um apelo para que o potencial da educação multilíngue seja reconhecido em todos os lugares, nos sistemas educativos e administrativos, nas expressões culturais e nos meios de comunicação, no ciberespaço e no comércio”.

Em se tratando das línguas que correm o risco de se extinguirem no Brasil, 97 delas foram classificadas em estado vulnerável. Para essa classificação, as crianças ainda falam o idioma, porém são poucos que tem esse domínio. 17 línguas foram classificadas como definitivamente em perigo, essa classificação determina que a língua já não é mais proveniente dos ensinamentos maternos. Outras 19 recebem a classificação de severamente em perigo, todas as línguas que são faladas somente pelas gerações mais antigas, no entanto algumas gerações ainda conseguem entender o contesto falado. As 45 línguas restantes, estão em estado de perigo crítico, que compõe as línguas que apenas os avós falam e compreendem.

A última classificação foi dada as línguas já extintas, comprovadas que não há mais ninguém vivo que fala o idioma. Juntas elas somam 11 idiomas: Arapáso, Huitoto, Krenjê, Amanayé, Múra, Nukiní, Máku, Yurutí, Torá, Xakriabá e Umutina.

 

Hospital infantil salva hipopótamo prematuro

aad1f9rclf08w9sj1mu4f5tt9

Fiona um hipopótamo do zoológico de Cincinnati nasceu prematura de 6 semanas e acabou ficando muito desidratada pois se recusou a receber leite. Caso aconteceu em um hospital pediátrico nos Estados Unidos. Especialistas disseram que Fiona nasceu com 13kg, e o peso normal de um hipopótamo filhote é de 25kg a 54kg.

O animal nasceu 6 semanas antes do previsto, e teve que ser alimentada por uma sonda intravenosa pois nos primeiros dias de vida se recusou a beber leite.

De acordo com especialistas a veia de um animal recém-nascido são muito finas e encontra-las e uma tarefa difícil, por isso a instituição pediu ajuda ao Hospital pediátrico. De acordo com a responsável pelos mamíferos do zoo, Christina Gorsuch, os veterinários até conseguiram colocar um cateter, mas as veias não aquentavam e sempre estouravam.

O Hospital Infantil de Cincinnati possui um departamento inteiro dedicado apenas ao trabalho com veias difíceis.

Os veterinários acreditam que ela recusa o leite em detrimento do desconforto causado pelo surgimento da nova dentição. Apesar de Fiona já ter ganhado alguns quilos, e de já estar mais forte, os veterinários pretendem manter o cateter no lugar por um bom tempo.

Agora ela já está com Bibi e Henry, seus pais. Os veterinários preferem manter Fiona junto deles para sentir seu cheiro ouvir os sons e assim se sentir mais segura.

O jardim zoológico de Cincinnati é o segundo mais antigo dos Estados Unidos, foi fundado em 1875. A casa de repteis do zoo é a instalação mais antiga e também a mais conhecida, datada da inauguração.

Foi neste zoo que ficou exposto durante sua vida ainda no inicio do século passado, até 1914, o último exemplar conhecido pelo homem, da espécie pombo-passageiro. Martha, a última fêmea da espécie morreu em 1914.

Mais recentemente no ano passado um gorila foi abatido depois que um garoto de 4 anos caiu na área isolada onde são mantidos os animais. De acordo com os funcionários do zoo, o garoto teria, sem o conhecimento dos pais, ultrapassado o cordão de proteção onde depois acabou escorregando e caindo de uma altura de aproximadamente 4 metros. Já dentro da jaula Harambe um gorila de 181kg o agarrou.

Thane Maynard, o diretor do zoológico informou que em casos como este não dá para sedar o animal, pois a sedativa demora muito para fazer efeito e causa dores musculares nos primeiros segundos de sua aplicação. O gorila podia ficar nervoso, infelizmente este é o procedimento padrão nestes casos, afirmou o diretor.

O jornal local informou que existe a possibilidade dos pais do garoto serem processados pelo município, já que seu descuido com o menor causou uma perda irreparável de um animal que se encontra em perigo de extinção.

 

Ganho com poupança é maior que a inflação há 9 meses e obtém resultado só superado em 2007

Tipos de investimentos financeiros existem vários, do Tesouro Direto às ações na bolsa de valores. No entanto, um desses tipos que certas vezes é desconsiderado, a tão conhecida poupança, teve recente valorização, mais especificamente um acúmulo que chegou a 8,34%. Isso em um ano, vale lembrar, e considerando-se apenas até o mês de fevereiro de 2017.

Comparação com a inflação oficial

Dizer apenas o que foi dito não garantiria alguma vantagem para os que usam da poupança, pois é quando se compara essa porcentagem com a da inflação oficial no mesmo período, que se nota o quão positiva foi a seus investidores. Se considerarmos que a porcentagem da inflação oficial foi de exatos 4,67%, temos aí um ganho real, em um ano, de 3,42%, assim que fechado o mês de fevereiro de 2017.

Desse modo, os resultados do cálculo realizado pela consultoria Economatica, por mais que estes alertem não bastar a mera subtração de uma porcentagem pela outra, ainda assim indicam um aumento no poder de compra dos que mantiveram suas economias em alguma poupança.

Comparativos com os anos anteriores dos nove meses positivos

Ainda segundo os resultados obtidos pelo cálculo da referida consultoria, esse último mês considerado, fevereiro de 2017, fechou um período de noves meses consecutivos de ganho acumulado nessa questão de ganhos mensais da poupança em relação à inflação oficial. Foi então de 6,20% o acúmulo e ganhos nesse referido período, que vai de junho de 2016 até fevereiro de 2017.

E, como de costume, foi comparada a porcentagem desse último ano com o histórico dos anos anteriores, levando-se à constatação de que essa situação não ocorria desde 2012. Nesse ano em específico, a poupança teve um retorno positivo durante 11 meses consecutivos, entre maio de 2011 e março de 2012, chegando então a um acúmulo de 6,82%. Apesar de que, por mais positivo que tenha sido esse período já citado, o recorde fica ainda com o mês de julho de 2014, quando o ganho de poder aquisitivo desse único mês foi de 0,60%.

A perda da poupança em números

Apesar dessa situação positiva para se deixar o dinheiro na poupança, tem-se retirado mais valores do que depositado. É o que informa o Banco Central, ao menos. Segundo o BC, a diferença entre os saques e depósitos chegou a R$ 1,67 bilhão. Tal quantia, no mesmo mês, só foi superada anos antes, em 2014, quando chegou-se a R$ 1,85 bilhão.

Essa é uma tendência verificada desde o início da recessão econômica, lá pelo ano de 2015, posto que ao aumentarem as dívidas, os investidores precisam então sacar mais e mais dinheiro da caderneta para poderem cobri-las. Dívidas essas, vale pontuar, que são fruto de um cenário de aumento do desemprego, além de queda de renda.

Em números, no ano de início da crise, 2015, foram R$ 53,5 bilhões que deixaram a poupança. Já no ano seguinte, 2016, a diferença entre saques e depósitos chegou R$ 40,7 bilhões a mais para os primeiros.

 

Pesquisa aponta redução do turismo na França por causa do terrorismo

 

paris

Em 2016 a França teve uma significativa redução de turistas por causa dos ataques terroristas. A diminuição chegou a 1.5 milhões se comparado com 2015. Uma perda de 4.7% no turismo que gerou um prejuízo financeiro de 1.3 bilhão de euros, informações tirada de uma pesquisa noticiada pela CRT, Comitê Regional de Turismo.

Os chineses foram o que mais deixaram de visitar o país. Também teve uma redução considerável de turistas Japoneses, Italianos e Russos.

Alguns principais pontos de visita perderam um público expressivo, como a Torre Montparnasse(32%), Arco do Triunfo(24%), Museu Louvre(13,3%), Museu de Orsay(12,9%) e no Palacio de Versalhes(9,8%).

A França tem sido o país que mais sofreu com atentados terroristas nos últimos anos. Existem muitas razões para o país ser alvo de ataques. Como as recentes incursões militares em países como a Siria e o Iraque contra o Estado Islamico. Outro fator, é que 10% da população francesa é Mulçumana, e essa minoria, sempre teve problemas de integração, assim como desigualdades sociais.

Em fevereiro de 2017, um homem foi interceptado na entrada do museu de Louvre, portava um facão e duas mochilas. Tentou agredir militares. Testemunhas afirmam que ele gritou Allahu Akbar(Ala é grande) quando foi em direção aos soldados com o facão em riste. Ele foi parado com 5 disparos e enviado ao hospital em estado grave. Segundo a polícia, não foi encontrado armas ou bombas nas mochilas, ainda assim, o Governo declarou que se tratava de um ato terrorista.

Motivos para o terrorismo

O desemprego entre os Mulçumanos é maior que a média nacional. Eles acabam vivendo em guetos e áreas onde se concentram imigrantes de baixa renda, o que favorece o sentimento de exclusão social. Muitos fracassam profissionalmente, vivendo de bicos e subemprego.

Esse é o perfil da maioria dos terroristas que assolaram o país ultimamente, como aquele que atacou Nice e matou mais de 85 pessoas e deixando outros 200 feridos, num dia festivo que comemorava a queda da Bastilha.

A lei da laicidade da França também causa muito transtorno aos Mulçumanos, que é um povo extremamente ligado a religião. Por causa dessa lei, em 2004, foi possível o impedimento de usar símbolos religiosos em escolas públicas. Em 2010, a proibição do uso do véu islâmico que deixava só os ombros a mostra. Em 2011, a proibição de se reunir na rua por motivo religioso.

Essa cultura laica é usada pelos radicais para incitar revolta e reafirmação da identidade Mulçumana. A França é o país Europeu que mais saíram jovens para o Iraque ou a Siria para se juntar ao Estado Islamico.

Os autores da pesquisa disseram que perceberam sinais de recuperação nos 2 últimos meses do ano, com aumento de 12,5% nos hotéis, uma tendência que continuou em Janeiro desse ano.

 

 

VX , A arma de destruição em massa que matou irmão de líder norte-coreano

 

biohazard_sign_clip_art_thumb

O aeroporto de Kuala Lumpur, na Malásia, foi palco de um ataque silencioso que culminou com a morte de Kim Jong-nam, meio-irmão do líder norte-coreano, Kim Jong-un.

As câmeras de segurança do aeroporto de Kuala Lumpur registraram, no último dia 13 de fevereiro, o ataque feito a Kim Joang-nam, que transitava pelo local quando foi abordado por duas mulheres, ainda não identificadas, que pulverizaram uma substância tóxica em seu rosto. Mostra ainda o momento em que procurou ajuda policial para relatar o caso, e, em momento posterior, quando deu entrada no centro médico aeroportuário, local onde ocorreu a sua morte.

Investigações preliminares descartaram a morte por ataque cardíaco e apontaram a ausência de perfurações no corpo, contudo, não descartaram a possibilidade de envenenamento. Nesta sexta-feira, 24/02, as autoridades malaias anunciaram a causa da morte, apontando o agente neurotóxico conhecido como VX, como o responsável pela morte de Kim Jong-nam.

O VX é uma substância altamente tóxica e é apontada pela Organização das Nações Unidas – ONU, como arma de destruição em massa.

De acordo com Bruce Bennett, do Instituto de pesquisa americano Rand Corporation, a substância é extremamente poderosa, bastando que apenas 0,01 grama entre em contato com a pele para matar uma pessoa em questão de minutos.

Com a confirmação da morte de Kim Joang-nam, por contaminação por VX, será o primeiro caso registrado em que a substância foi utilizada para assassinato.

Oficialmente, Estados Unidos e Rússia possuem estoques de VX, contudo, outros países também podem possuir a substância, visto que o Iraque também produziu VX na década de 80 e países integrantes da ONU, como Egito, Sudão e Coreia do Norte não assinaram a Convenção de Armas Químicas, que veda a produção e uso dessas substâncias. Em 2014, o Ministério da Defesa da Coreia do Sul documentou que a Coreia do Norte iniciou a produção de armas químicas nos anos 80, especulando que exista um estoque de 5.000 toneladas.

As autoridades malaias afirmam que o ataque foi uma ação clara de norte-coreanos e mantém sob custódia as duas mulheres que mantiveram contato com Kim Jong-nam, além outras duas pessoas, uma delas cidadã Norte Coreana. Ainda, outras sete pessoas são procuradas, incluindo um alto funcionário da embaixada norte-coreana na Malásia.

O corpo de Kim Jong-nam ainda não foi oficialmente reconhecido pelo governo Norte-Coreano, pois, segundo informações, ele viajava com um passaporte com o nome de Kim Chol.

A Coreia do Norte trata o caso como uma fraude conspiratória encabeçada pelas autoridades Sul-Coreanas, com envolvimento ativo das autoridades da Malásia na divulgação de rumores sobre o envenenamento de Kim. Ainda, critica Kuala Lumpur pela autópsia realizada sem o seu consentimento, visto se tratar de um cidadão em posse de um passaporte diplomático da República Popular Democrática de Coreia, o que, segundo eles, vai contra o direito internacional e fere a ética e a moralidade humana.

Veja o registro dos últimos momentos de Kim Jong-nam, feito pelo sistema de segurança do aeroporto de Kuala Lumpur clicando aqui: https://goo.gl/hCK6VV

Sergio Cortes informa sobre a osteoporose, prevenção e tratamentos

A osteoporose é uma patologia que ocorre de forma progressiva em decorrência da perda de massa óssea, e ela se desenvolve de maneira imperceptível, sem apresentar sintomas ou qualquer tipo de dor, até que ocorra uma fratura, principalmente em locais frágeis ou propensos a lesões como o pulso, quadril, fêmur e coluna, noticia o ortopedista Sergio Cortes. Em termos globais, a doença atinge cerca de uma a cada três mulheres e um a cada cinco homens que possuem mais de 50 anos.

A grande prevalência da doença entre as mulheres é causada pela diminuição da produção do estrógeno que ocorre com o passar da idade, relata o médico ortopedista Sergio Cortes. Contudo, não são apenas os indivíduos com mais de 50 anos que precisam se preocupar com a osteoporose. Algumas questões socioculturais e uma má alimentação também podem tornar os tecidos dos ossos mais frágeis em pessoas mais novas. Outros fatores agravantes são uma baixa ingestão de cálcio e vitamina D, cigarro, bebida alcóolica em excesso, sedentarismo e outros, podem resultar na osteopenia, um quadro que antecede o diagnóstico de osteoporose.

Em relação ao diagnóstico, o fato de ser uma doença silenciosa faz com que ela só costume aparecer através de exames de rotina em pacientes em torno dos 40 anos, no qual são percebidas algumas alterações nos níveis de cálcio e vitamina D em exames de sangue e de urina, informa Sergio Cortes. Em caso de suspeita da doença, é indicado que o paciente procure um médico especialista e, para reverter esse quadro, será recomendado o consumo de cálcio, uma exposição frequente ao sol, para o aumento de vitamina D no organismo e a prática de atividades físicas.

De acordo com a recomendação da Organização Mundial da Saúde, o ideal é que seja feito o consumo médio de 1 grama/1000 miligramas de cálcio a cada dia, podendo variar um pouco para mais ou para menos no caso de crianças e gestantes. Para conseguir essa quantidade ideal, as maiores fontes de cálcio são os alimentos de origem láctea, como o leite e os seus derivados. Segundo a Fundação Internacional de Osteoporose no Brasil, a rotina alimentar normal do brasileiro, que inclui arroz, feijão, carne e salada, possui aproximadamente 200 miligramas por dia, por isso, é importante fazer a inclusão de um copo de leite, iogurtes e queijos, por exemplo, para que esse valor alcance o nível desejado, destaca Sergio Cortes.

Outra questão importante relativa a prevenção é o que diz respeito aos exercícios físicos. O recomendável para quem sofre ou tem predisposição a doença é realizar os de cadeia fechada, responsáveis por trabalhar vários grupos musculares, além de serem seguros para as articulações, informa Sergio Cortes. Para os pacientes idosos, a fisioterapia é a melhor alternativa pois auxilia no controle do corpo e no ganho de equilíbrio, sendo o pilates uma outra opção possível pois ajuda os pacientes a trabalharem com a própria carga corpórea, além de vários outros benefícios como melhorias na respiração, ganho de flexibilidade e fortalecimento dos músculos.

Fonte

 

Brasileiro Roberto Azevêdo continuará ocupando o cargo de diretor-geral da OMC

Escolhido pela primeira vez em 2013, o embaixador brasileiro Roberto Azevêdo foi reeleito para o cargo de diretor-geral da OMC. O segundo mandato começará em setembro de 2017.

O Conselho-geral da OMC (Organização Mundial do Comércio) elegeu, nesta terça-feira, dia 28 de fevereiro, o brasileiro Roberto Azevêdo para o cargo de diretor-geral da instituição máxima do comércio internacional. Este será o segundo mandato do embaixador, que foi escolhido para ocupar a vaga pela primeira vez em 2013. Naquele ano, Azevêdo assumiu o posto em setembro. Por isso, como o período de cada mandato equivale a quatro anos, apenas no nono mês de 2017 começará o novo quadriênio sob a gestão do brasileiro na organização que decide as principais regras do comércio global.

A OMC, que foi criada em 1995, é composta atualmente por 164 países, entre os quais estão todas as grandes potências econômicas do mundo. De acordo com uma nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores, o brasileiro era o único postulante a ocupar o cargo, o que é um reflexo da satisfação dos países que fazem parte da Organização com o trabalho desenvolvido por Roberto Azevêdo durante o primeiro mandado.

Nesse sentido, um dos grandes êxitos do brasileiro à frente da OMC foi a negociação, ainda em 2013, do Acordo de Facilitação do Comércio (AFC). Trata-se do único acordo multilateral (envolvendo vários países) fechado pela Organização desde a sua fundação. O AFC, que entrou em vigor no dia 22 de fevereiro deste ano, é responsável por eliminar alguns entraves burocráticos relacionados ao comércio global. Com isso, espera-se que haja um aumento de cerca de 1 trilhão de dólares no âmbito das negociações internacionais entre os mais diversos países.

Outra importante conquista da OMC no primeiro mandato de Roberto Azevêdo diz respeito ao acordo relativo ao fim dos subsídios à exportação de produtos agrícolas, negociado em dezembro de 2015 durante a Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio, realizada em Nairóbi, no Quênia.

Formado em Engenharia Elétrica pela UNB (Universidade de Brasília), Roberto Carvalho Azevêdo nasceu em 3 de outubro de 1957, em Salvador, na Bahia. Diplomata de carreira, começou a trabalhar no Itamaraty em 1983 e desempenhou diversas funções ligadas a temas econômicos no Ministério das Relações Exteriores. Por ser especialista em comércio internacional, tornou-se o representante do Brasil na OMC em 2008.

Além de ser um dos membros mais importantes da OMC atualmente, haja vista que tem o seu diretor-geral, o Brasil foi um dos fundadores da Organização. Nesse sentido, assim como acontece com vários outros países, diversas causas relevantes relacionadas aos negócios brasileiros estão em discussão na OMC atualmente. Por isso, embora Roberto Azevêdo tenha que manter a imparcialidade em todas as questões postas em análise, ter o diretor-geral do órgão máximo do comércio global é algo bastante positivo para o Brasil.

Como manter uma alimentação saudável sem gastar muito

 

frutas

Fazer dieta ou ter a mudança de um hábito mais saudável não significa tomar suplementos carros e comprar a comida mais cara do mercado. Você poderá sim mudar sua alimentação e a da família sem que isso pese no seu bolso, pelo contrário, provavelmente irá economizar.

Confira algumas dicas para se alimentar saudável sem gastar muito:

1- Evite alimentos industrializados, você vai notar que após um período nem vai precisar mais ir até o supermercado, vá apenas na feira ou no mercadão municipal onde você encontrará frutas, legumes e vegetais a preços menores e de boa qualidade. Dê preferência por refeições e alimentos preparados por você em casa!

2- Corte os sucos prontos de caixinha. A maioria é cheio de conservantes e açúcar. Corte também os refrigerantes e bebidas alcoólicas (deixar só pra um dia da semana, socialmente) isso já te fará economizar bastante e assim investir em alimentos mais nutritivos. Ofereça numa refeição apenas água, ou ainda um suquinho de limão, laranja, ou alguma outra fruta, feito em casa

3- Na lista de compras da semana tenha sempre:

4- Frango e carne patinho (carne magra), ovos, folhas (escolha as mais baratas na época), frutas (escolha também as da estação que normalmente são mais baratas), cereais a granel normalmente são mais baratos, assim como as oleaginosas e frutas secas. A aveia é uma grande aliada da alimentação saudável e de baixo custo.

5- Faça em casa o seu próprio leite de aveia ou de amêndoas;

6- Não compre óleo, e nem açúcar, não farão falta no seu novo estilo de vida;

7- Utilize ervas, vinagre e limão para temperar as folhas cruas e as refogadas faça com um pouquinho de azeite, alho e cebola picadinhos.

8- Arroz integral e feijão provavelmente já faziam parte da sua lista e continurão;

9- Os peixes deveriam ser consumidos pelo menos 1 vez por semana;

10- Quer um docinho? Prepare uma gelatina ZERO com iogurte desnatado ou pegue uma banana parta ao meio coloque um pouquinho de canela e aqueça no microondas ou ainda faça alguma receita aqui do blog que é super saudável e barato. Evite ter um armário cheio de bolachas, chocolates e balas e muito menos aqueles iogurtes cheios de açúcar, gorduras e milhares de ingredientes escondidos.

Essa será basicamente sua lista de compras e dentro disso você conseguirá montar um cardápio bem variado durante a semana. Não faltará nada na sua alimentação e com certeza você economizará no bolso e na balança.

Além disso é importante que você pratique atividade física diariamente. Se você não tem dinheiro para uma academia, sem problemas! Tudo o que você precisa é de um tênis e da rua! Saia para caminhar, correr, subir escadas, mas não fique parado.

Veja mais em http://estilo.abril.com.br/beleza/13-dicas-de-fitness-para-voce-entrar-em-forma/

 

Aumento da confiança da indústria é reportada por Flavio Maluf

A confiança no cenário industrial cresceu e continua crescendo desde o último semestre de 2016. Segundo informações, Flavio Maluf, presidente da empresa Eucatex reporta que, os empresários mostram muita confiança em perspectivas de grandes conquistas e grande alavancagem para 2017. O Brasil vem de grandes oscilações sendo que o mercado industrial vem sofrendo grandes impactos na maioria dos setores desde 2015.

O índice que aponta essa satisfação e confiança em investimentos no Brasil, é o ICI (Índice de Confiança da Industria), que no atual momento vem indicando um aumento proporcional de 88,2 pontos. Flavio Maluf lembra que este é o melhor resultado já alcançado em relação ao ano de 2014 quando o ICI chegou a registrar 88,8 pontos, momento em que o ICI passou a registrar as quedas que vem sofrendo até hoje.

Os dados coletados que permitem o ICI indicar essa mudança para um novo cenário industrial aguardado com muita expectativa, são obtidos através de diversos empresários e são gerados junto ao Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Instituição Getúlio Vargas), sendo que somente no mês de setembro de 2016 foram recolhidas as opiniões de 1120 dirigentes empresariais para medir os pontos do ICI.

Em muitos dos seguimentos que foram levantados pela pesquisa, houveram ótimas perspectivas para o atual momento e para o primeiro semestre de 2017. O empresário Flavio Maluf, noticia também com relação aos dados do ICI que o momento atual é o mais propicio para se fazer um investimento, isso em vista da grande alta estima que se passa em vários setores industriais.

Um grande fator que permitiu os empresários terem ótimas perspectivas sobre o futuro da economia industrial a curto, médio e longo prazo, é que as quantidades estocadas de seus produtos ao longo de um período “pós crise” teve uma queda de 1,4%, sendo que o número de empresários afirmando terem os estoques em falta, aumentou em 1,7%. Flavio Maluf cita informações dizendo que desde o primeiro semestre de 2013 não se observava números como estes onde os empresários que afirmavam terem um estoque escasso, media 7,3% naquele período. Esses dados coletados são extremamente fundamentais para medir os parâmetros em que a economia brasileira caminha.

Existe também um outro dado que demonstra um aumento positivo na retomada da economia, Flavio Maluf cita que o NUCI (Nível de Utilização da Capacidade Instalada) teve um aumento de 0,9% e atingiu 74,7% em setembro de 2016, sendo um dos melhores números alcançados pelo indicador desde o final do ano de 2015. O NUCI é apenas outro dado que aponta a retomada para a prosperidade de muitos empreendimentos.

Todos esses dados e indicadores apresentados tem como intuito confirmarem que existe uma alavancagem por parte da indústria brasileira, porém, ela vem caminhando em passos lentos rumo a essa retomada de crescimento. Segundo Aloisio Campelo Junior, responsável pelos dados e estatísticas públicas gerados pelo Ibre/FGV, o crescimento vem sendo confirmado quebrando alguns paradigmas e previsões para o início de 2017 embora os números atuais não sejam bons neste momento atual.

Confira mais informações sobre a confiança da indústria.

 

Vida de blogueiro, como ganhar dinheiro com seu blog

Centenas de blogueiros ganham quantias consideráveis todos os meses com seus blogs e a grande questão é: Como ganhar dinheiro com blogs de forma contínua e eficiente.

Se você está procurando fonte de renda extra ou pretende se dedicar exclusivamente a ganhar dinheiro com blog é importante que antes de tomar sua decisão conheça as formas de rentabilizar o seu projeto.

Se você está começando um blog agora, foque no conteúdo e quando atrair um número considerável de visitas, comece a rentabilizá-lo de forma progressiva. Selecionamos algumas das melhores dicas pra você:

O Adsense é unânime quando se fala em rentabilizar o blog, seja ele de qual porte for. O adsense é uma das formas mais práticas e simples de ganhar dinheiro com blogs

O adsense irá criar anúncios baseados nas pesquisas dos seus leitores, o que faz com que os leitores queiram clicar nos blocos de anúncio. A atenção do blogueiro deve ser no tamanho e na disposição dos anúncios para ver qual deles geram mais lucros para o seu blog.

Se você tem um blog sobre cosméticos, por exemplo, se inscreva em programas de afiliados de empresas que vendam maquiagens, hidratantes e tudo que for interessante ao seu público alvo.

Escolha programas de afiliados que sejam do interesse do seu público. Não adianta um blog sobre automóveis colocar anúncios de livros de auto-ajuda, porque as pessoas que entram naquele blog não estão interessadas em livros de auto-ajuda, mas artigos relacionados a automóveis. Este blog pode colocar anúncios de peças de automóveis e acessórios, por exemplo.

Algumas lojas podem pagar por cliques nos anúncios e outras em cima das vendas. Para encontrar empresas que ofereçam esse tipo de programa para o seu nicho, procure no Google por Programa de Afiliados + palavra-chave do seu nicho.

Muitos e-commerces, como a Dafiti, produzem materiais exclusivos para os afiliados. Você pode usar esse material ou produzir o seu próprio para atrair os leitores e convertê-los em clientes.

Ao invés de simplesmente colocar anúncios, você pode vender produtos digitais ao seu público. O Hotmart possui produtos digitais de diferentes nichos, desde dietas à como ganhar dinheiro na internet.

Você ganha porcentagem em cima do que vendeu e tem a possibilidade de vender também nas redes sociais. Ganhar dinheiro com o Hotmart é bem simples e qualquer um pode fazer.

Além de ser um afiliado, vendendo produtos de outras pessoas, você também ganhar dinheiro vendendo seus produtos no Hotmart.

Diferente dos afiliados que você geralmente ganha por clique ou por compra, ao vender o espaço de publicidade no seu blog, você ganhará pelo espaço.

Além de banners, que são mais conhecidos, você pode vender outros espaços no seu blog e nas redes sociais.

 

Veja mais em https://outrarenda.com/como-ganhar-dinheiro-com-blogs-automaticos/