Se diferentes ou bizarros o que vale é a diversão

Corrida das galinhas, festival dos jericos, maior comilão de banana da região. Imaginação é o que não falta quando o assunto se trata de diversão. O ser humano é tão criativo, mais tão criativo que consegue fazer graça e tirar proveito de tudo.

De repente, da simples observação de uma situação corriqueira do dia a dia aparece a mais nova sensação do momento. Ou mesmo uma oportunidade de negócio que pode beneficiar a um só tempo diferentes pessoas.

Quem sabe se a corrida das galinhas, de uma pequena cidade do interior pernambucano, não surgiu da cabeça de algum curioso que, num momento qualquer do dia, parou para observar um grupo de meninos que por pura brincadeira tangia um bando de galinhas.

Ou se alguma das competições de carrinho sem motor, realizadas em tantas regiões do mundo, não partiu da ideia de um apaixonado por carrinhos de rolimã, que resolveu adaptar a brincadeira de criança para uma versão mais adulta.

Tendo a ideia surgido ou não de uma brincadeira de criança, a verdade é que a maioria dessas competições fazem a alegria de muitos dos competidores, assim como também dos vários espectadores que adoram acompanhar de perto uma oportunidade de diversão. Além do mais, tais competições podem ser bastante lucrativas.

Sobre essa questão da lucratividade, as competições, muitas das vezes, significam bons rendimentos financeiros para as localidades e/ou regiões onde acontecem. Já que, para muitas cidades tornam-se o período de maior movimentação comercial e também de grande circulação de visitantes.

É comum com o passar do tempo, alguns torneios e competições de limitado alcance se transformarem em grandes eventos. Assim sendo, até ficam conhecidos nacionalmente. O que faz com que o evento seja bem mais procurado do que antes.

Entretanto, há diversas competições que chamam a atenção da impressa e das mídias sociais não pelo alto grau de competitividade ou pelos altos valores das premiações, mas sim pelos aspectos curiosos e até mesmo bizarros de suas provas.

E as ocasiões não faltam para quem quiser ver pessoalmente alguns eventos curiosos. Em Gloucestershire, na Inglaterra, há a competição da Rolagem do queijo. Também na Inglaterra, outra atração bastante curiosa é a do Chute na canela. Já na Finlândia, periodicamente acontece a competição do Carregamento de esposa.

Uma competição que até pode ser considerada um tanto quanto controversa é a do choro dos bebês. Realizada anualmente no Japão, a disputa consiste em acompanhar qual dos bebês consegue ficar chorando por um período mais longo.

No entanto, para quem é do Brasil, nem precisa ir tão longe para se divertir com algumas das mais curiosas competições do planeta. Pois frequentemente são realizadas nas diferentes regiões do país.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *