Empresa de Rodrigo Terpins realiza trabalho em prol da restauração ecológica

Image result for restauração ecológica

Em 2011, na cidade de Bonn, na Alemanha, foi lançada uma iniciativa que ficou conhecida como “Desafio de Bonn”, o qual pretende restaurar 150 milhões de hectares em áreas desmatadas até o ano de 2020, e mais 200 milhões de hectares até 2030. Na América Latina e região caribenha, a intenção é conseguir recuperar 20 milhões de hectares para essa iniciativa.

Além de trazer benefícios importantes para o planeta, a restauração de áreas desmatadas também é uma atividade que pode gerar dividendos, de acordo com Rodrigo Terpins e Michel Terpins, irmãos e sócios da empresa Floresvale Reflorestamento, responsável pelo reflorestamento ambiental.

Segundo Bethanie Walder, diretora executiva da Society for Ecological Restoration, os investimentos na restauração ecológica também podem ser atrativos no ponto de vista econômico. De acordo com estimativas feitas pelo World Resources Institute (WRI), cerca de US$ 1.15 bilhão já foram investidos no Desafio de Bonn, e o retorno econômico desse investimento pode alcançar o montante de US$ 23 bilhões em um período de 50 anos. Ao mesmo tempo, além de restaurar e trazer ganhos econômicos, a iniciativa ainda pode evitar a emissão de cerca de cinco gigatoneladas de gás carbônico, informa Rodrigo Terpins.

Em relação ao papel específico do Brasil no Desafio de Bonn, o objetivo do país é restaurar e reflorestar uma área de cerca de 12 milhões de hectares até o ano de 2030. A curto prazo, até 2020, o país se comprometeu a recuperar ao menos 5 milhões de hectares em áreas que tenham sido degradadas devido a pastagens e produção de gado.

Rachel Biderman, representante da World Resources Institute no Brasil, destacou que essa restauração de 12 milhões de hectares é um dos passos mais importantes para que o Brasil cumpra o que foi estabelecido pelo Acordo do Clima de Paris, que definiu que todos os países deveriam reduzir as suas emissões de gases poluentes. Isso significa que, outra vantagem do Desafio de Bonn é que o mesmo pode suavizar as mudanças climáticas que estão se agravando nos últimos anos, noticia Rodrigo Terpins.

Em suma, a restauração ecológica é uma iniciativa de suma importância, responsável pele reversão da perda da biodiversidade e do desaparecimento de ecossistemas. Por essa razão, os principais tratados e acordos ambientais estabelecidos nos últimos anos tem tratado a restauração como prioridade e um dos métodos mais eficazes para garantir a segurança da água e dos alimentos para as próximas gerações.

Sobre a Floresvale Reflorestamento, que tem como sócios os irmãos Rodrigo Terpins e Michel Terpins, a empresa foi criada no ano de 2009 para atuar no manejo das florestas de eucalipto do Vale do Paraíba, que engloba os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

Maior empresa florestal com foco na madeira sólida do eucalipto nessa região, a instituição de Rodrigo Terpins tem se destacado por desenvolver um polo madeireiro de modo sustentável, já tendo manejado cerca de 4 mil hectares de florestas e sendo uma importante fonte de empregos na área do Vale do Paraíba.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *