Sala Princesa Isabel passa por processo de restauração para ser reativada

Um ponto histórico da cidade de Santos passará por restaurações. O local em questão é a sala Princesa Isabel, cuja construção data de 1939. No espaço ocorrerá a realização de sessões da Câmara do município, tratando-se de sua plenária. Para que isso ocorra, uma construtora foi incumbida de identificar e restaurar diversos detalhes da construção.

Já se sabe que um dos elementos mais emblemáticos do local terá prioridade no momento da restauração. Trata-se de um lustre de modelo pendente, que possui quase três metros de altura, pesando aproximadamente 300 quilos. Uma espécie de ateliê foi instalada na própria sala. Além disso, houve a aquisição de pequenas peças similares às que deveriam ser substituída.

Uma das profissionais que atuarão na restauração do local, Fernanda Victoratto, é proveniente de uma família cujos membros são tradicionalmente restauradores. Ela explica que o trabalho empregado será bastante minucioso, dada a riqueza de detalhes encontrada nas peças. Ela estima que será necessário o período de um mês para que o trabalho no lustre seja de fato finalizado.

A obra também se encarregará de restaurar outros elementos contidos no local, tais como vitrais, murais, arandelas, dentre outros. O piso do ambiente, confeccionado em madeiro, passou por um processo com lixas e espera-se que seja recoberto com resina. O carpete poderá ser trocado por outro mais novo, conferindo maior fidelidade à decoração da sala.

Segundo Fernanda, um dos pontos mais críticos da reforma diz respeito à fiação presente no ambiente. Por se tratar de algo bastante antigo, a equipe de restauração optou por agir com bastante cautela, esclarece a restauradora. Consequentemente, com meio de se evitar acidentes, os profissionais iniciaram os reparos pelo lado de fora.

Os assentos da sala serão todos substituídos. Com isso, haverá a substituição das peças por poltronas em modelos mais modernos. A mesa central do palco, entretanto, não será trocada, pontua Fernanda.

Com dimensões de 175 metros quadrados, a sala Princesa Isabel deixou de ser utilizada no ano de 2011, quando se adotou outro local como plenária da Câmara Municipal. Com a restauração, cuja supervisão é do arquiteto Ney Caldatto, surgiram notícias de que o local retomará suas atividades.

Saiba mais:

https://www.terra.com.br/noticias/dino/obra-resgata-caracteristicas-originais-da-sala-princesa-isabel-no-palacio-jose-bonifacio-em-santos,bcbd9022a1c88a1340a152e535d64a07hsow8gdi.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *