Conheça um pouco da história da CAOA e de seu fundador Carlos Alberto de Oliveira Andrade

A história da CAOA começa na Paraíba em 1979 quando Carlos Alberto de Oliveira Andrade comprou um veículo que nunca foi entregue devido a falência da concessionária. Era um Ford Landau, que rendeu ao médico cirurgião a ideia de adquirir a empresa e mudar sua trajetória profissional. Nascia uma das companhias do setor mais icônicas da história da indústria automotiva brasileira.

Cerca de seis anos depois da guinada, Carlos Alberto de Oliveira Andrade já estava à frente da principal revendedora da Ford no país. O que era só o começo de uma trajetória de sucesso, visto os acordos de importação de veículos com outras marcas como Renault e Hyundai. Seus planos eram maiores, tanto que em 2007 ergueu sua própria fábrica de automóveis em Anápolis – GO, sem ajuda externa, apenas com seus recursos.

Inicialmente a unidade industrial construída em Anápolis era responsável pela montagem dos veículos Hyundai, o que rendeu a Andrade o prêmio de “Distribuidor do Ano” em 2012. A premiação foi o reconhecimento pelo bom trabalho, uma vez que o executivo concorreu com mais 178 distribuidores da marca em todo o mundo.

Como importadora, o melhor ano da CAOA foi em 2011 quando vendeu 89.053 unidades. Neste mesmo ano a sua produção de carros e caminhões foi a maior, com 38.635 unidades. Quanto aos números totais da indústria, 2013 alcançou seu auge com produção de 3.738.448 unidades.

Atualmente Carlos Alberto de Oliveira Andrade não é mais o diretor presidente da CAOA e segue no comando do Conselho de Administração. Posto que o mantém informado e atuante nos principais projetos da companhia.

A parceria com a Chery do Brasil.

Há pouco mais de um ano, a empresa fundada por Carlos Alberto de Oliveira Andrade se aproximou da Chery e juntos firmaram uma parceria ousada para o mercado nacional. A empresa nacional passou a comandar as operações da montadora chinesa, com promessas de lançamentos e aumento do número de concessionárias da rede.

Os primeiros lançamentos anunciados foram o Tiggo 5X e o Arrizo 5X, o primeiro é um SUV robusto e o segundo um sedã médio. Ambos marcam o avanço em design, estilo, mecânica e equipamentos, além do inédito motor 1.5 turbo.

Além deles, a empresa de Carlos Alberto de Oliveira Andrade confirmou que vai produzir no Brasil o modelo Tiggo 7 e vai lançar o Tiggo 8 no mercado brasileiro. O Tiggo 8 é um SUV de 7 lugares muito espaçoso. Essa estratégia agressiva faz parte de um plano maior, principalmente por adentrar em dois segmentos muito disputados no país: SUV e sedã. O que mostra que a parceria tem tudo para render bons frutos ainda nos próximos anos.

A Chery vem de desempenhos pouco consideráveis. Em seu portfólio destacam-se os modelos Celer, QQ e o Tiggo 2x, lançado recentemente. A empresa chegou ao país em 2009 com planos para estender suas ações para fora do país de origem. Em 2014, ela inaugurou a fábrica de Jacareí, no interior do estado de São Paulo, sendo esta a primeira unidade fabril completa longe da China.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *