Apesar de queda, exportações de carne de frango fecham 2018 com 4,10 milhões de toneladas

Estará redondamente enganado quem pensar que o nosso país apenas obtém grandes lucros, tratando-se de exportações, somente com soja e laranja, que são costumeiramente citados como exemplos, nas matérias de Economia a respeito de comércio externo. E podemos afirmar isto com propriedade, com base nos últimos dados sobre a exportação de carne de frango nacional, que foram divulgados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Apesar de ter havido, nesse referido segmento mercadológica, uma queda percentual de 5,1%, quando comparados o total do ano passado, 2018, com o do ano retrasado, 2017, essa quantia final, ainda assim, é significativa, podemos considerar. Afinal de contas, trata-se de 4,100 milhões de toneladas, em 2018, frente às 4,320 milhões de toneladas do ano anterior, ou seja uma diferença, em números, de menos 220 mil toneladas.

Olhando para o cenário do ano passado com mais detalhismo, percebemos uma diferença entre o primeiro e o segundo semestre, tendo sido o segundo mais positivo que o primeiro, assim propiciando uma redução das perdas que, caso se mantivessem no mesmo ritmo do primeiro período, seriam, ao fim do ano, bem maiores. Assim sendo, podemos destacar que o setor, de acumulo com exportações, teve a média mensal, durante os últimos seis meses de 2018, de 377,3 mil toneladas. Enquanto isso, nos primeiro seis meses do mesmo ano, a queda tinha chegado aos 13,4%, quando em comparação com o mesmo período no ano anterior, ou seja, 2017.

Outra queda que precisa ser observada é a da receita total, no ano passado, visto que ela significou uma perda de 9,2%, frente, é claro, ao que se obteve em 2017. No entanto, tal dado percentual não transmite muito bem o quão alto ou baixa é a quantia perdida, em dinheiro, ainda mais para os mais leigos que, por ventura, não tenham ideia do quanto de capital está envolvido nesse comércio. Portanto, segundo os mais recentes dados, a queda foi mesmo de U$ 664 milhões, um resultado que se obtém bastando ser feita a comparação entre os US$ 6,571 bilhões, de 2018, com os US$ 7,235 bilhões, tidos no ano anterior, 2017.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *