Condições gestacionais estão associadas a maior risco de doenças cardíacas

As doenças cardíacas são as principais causas de morte em todo o mundo atualmente. Seguindo este conceito, há diversos fatores de risco associados, como obesidade, tabagismo, sedentarismo, entre outros. Mas além desses fatores bastante comentados pelos médicos em todo o mundo, um novo estudo descobriu que as condições geradas durante a gravidez também estão relacionadas com o desenvolvimento de doenças cardíacas.

As notícias divulgadas pela revista científica “PLOS Biology” relacionam os dados de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Cambridge. Segundo o estudo realizado com ovelhas, os filhotes de ovelhas que passaram por uma gravidez complicada apresentaram um risco maior de desenvolver alguma doença cardíaca na vida adulta. Os dados sugerem que as condições associadas a gravidez podem impactar no desenvolvimento de doença cardíaca durante a vida adulta.

Embora o estilo de vida seja o fator mais lembrado quando o assunto é doença cardíaca, há diversos estudos que relacionam fatores como hereditariedade, genes, entre outros com o desenvolvimento dessas doenças. O novo estudo mostra que antes mesmo do indivíduo nascer ele pode ser marcado com um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardíacas caso a gravidez apresente complicações.

Outros estudos feitos com humanos apontam que mães obesas durante a gravidez deram à luz a filhos com maior risco de desenvolvimento de doenças cardíacas. Essa comparação foi feita ainda com os filhos gerados pela mesma mãe após uma cirurgia bariátrica. Esses estudos mostram que as condições da gravidez impactam de forma significativa na vida dos indivíduos no futuro, principalmente na questão do desenvolvimento de doenças cardíacas.

Financiada pelo “Conselho de Pesquisa em Biotecnologia e Ciências Biológicas do Reino Unido” e pela fundação “British Heart Foundation”, a pesquisa revelou que a complicação durante a gravidez que mais pode interferir nesse fator de risco é a Hipóxia Crônica, também conhecida como Cianose.

Essa doença pode ainda ser desencadeada por complicações durante a gravidez, tais como tabagismo materno, diabetes gestacional e pré-eclâmpsia. Quando associados, todos esses aspectos resultam em um maior risco do desenvolvimento de doenças como hipertensão, problemas cardiovasculares, entre outras doenças cardíacas que geram uma série de problemas de saúde.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *